Clubes de vinho: Como funcionam? Vale a pena?

Chegar em casa e tomar uma taça de vinho para relaxar é recomendado por alguns médicos e especialistas, além de saudável existe uma “magia” envolvida ao rito de tomar um bom vinho, principalmente se você estiver em boa companhia.

Essa cultura tem crescido e ganhado muitos adeptos atualmente, mas escolher o rótulo a ser apreciado no dia nunca é uma tarefa simples. São tantas opções, detalhes e especificações que muita gente se perde na hora de eleger a garrafa que vai acompanhar aquele jantar especial.

Em paralelo a isso, os clubes de assinantes caíram nas graças do público brasileiro e hoje é possível encontrar clubes dos mais diferentes produtos. Então não seria uma má ideia juntar as duas coisas, certo? Isso mesmo, foi assim que nasceram os clubes de vinho.

O que é um clube de assinatura?

Os clubes de assinatura funcionam de modo bem semelhante as assinaturas de revista, por exemplo. Ao assinar você passa a ter direitos a uma série de produtos e serviços disponibilizados exclusivamente para aquele grupo de pessoas. Muitas vezes são produtos exclusivos e especialmente escolhidos para atender aquele perfil de público, naquele momento específico.

Já existe no mercado diversas opções de assinaturas, desde livros até alimentos e bebidas. E é sobre o último desses tipos que vamos conversar agora. Afinal de contas, como funciona um clube de vinhos? Vem comigo que eu te explico!

Como funciona um Clube de Vinho?

Ao assinar um clube de vinhos você entra para um grupo de pessoas declaradamente apaixonadas por essa bebida, ou que ao menos querem conhecer um pouco sobre ela. Os benefícios de ser um assinante, obviamente, vão mudar de um clube para o outro, mas fato é que em todos você irá conhecer uma ampla lista de rótulos que talvez jamais iria experimentar se não fosse esse serviço.

Clube de Vinhos

Geralmente há a possibilidade de contratar caixas com 2, 4 ou 6 garrafas por mês, vai depender do quanto está disposto a pagar e do clube que escolher. Alguns também mandam pequenas revistas ou encartes com dados e curiosidades sobre as garrafas, até mesmo receitas e dicas de harmonizações ideais para cada bebida.

Ou seja, todos os meses você receberá em casa uma quantidade pré determinada de garrafas e a partir daí é só se deliciar e conhecer uma infinidade de bebidas e suas histórias. É importante ficar atento também, aos outros serviços que podem existir, como eventos e revistas na área, caso tenha interesse vale consultar o clube no qual você pretender ser assinante.

Vale a pena? Quanto custa?

Dizer se vale a pena ou não é, no mínimo, complicado. Se você vê esse rito de apreciar uma boa garrafa de vinho como um lazer e um momento de descobertas, que pode ser compartilhado entre os amigos, casais, familiares e qualquer pessoa que goste de vinho, então te garanto que vale a pena sim.

Os preços no geral não são absurdos, há opções para todos os bolsos. Desde R$ 50/mês até R$600/mês, o que interfere muito nos preços são as opções de safra que você escolhe e a quantidade de garrafas por mês que deseja receber.

Com isso a conclusão é que vale pesquisar na sua região os principais clubes existentes e os planos que eles oferecem. Depois disso é só eleger a companhia ideal e se deliciar com esse momento único de descobertas de novos sabores. Já é assinante? Conta pra gente qual é o seu clube e um pouco da sua experiência com os vinhos que recebe todos os meses.

Deixe sua mensagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *