Existe vinho sem álcool?

Na verdade, não existe vinho sem álcool. Mas existe vinho desalcoolizado, ou seja, um vinho que passou por um processo de redução do teor alcoólico, resultando em uma bebida que apresenta entre 0,3 e 0,5% álcool.

Vinho desalcoolizado tem o mesmo gosto que o suco de uva?

Não, não tem. Ao contrário do suco de uva, o vinho desalcoolizado passou pelo processo de fermentação da uva. Ou seja, os açucares presentes na uva foram convertidos em álcool pela ação de leveduras e, posteriormente, o álcool foi removido.

Remover o álcool do vinho demanda tempo e dinheiro, além de gerar uma perda do volume inicial da bebida. Mas é processo mais comum do que se imagina. Muitos fabricantes reduzem o percentual de etanol do vinho para torna-lo mais equilibrado.

Quando o teor de álcool é reduzido a menos de 0,5%, o vinho é considerado “sem álcool”. Existem duas formas principais de retirar o álcool da bebida: fervura e osmose reversa.

Fervura

Como o ponto de ebulição do álcool é 78°C (contra 100°C da água), aquecer o vinho até esta temperatura faz com que o álcool evapore. Entretanto, o aquecimento altera o sabor original da bebida e elimina alguns compostos junto com o álcool.

Uma forma de minimizar o tempo e a temperatura de fervura é realizar o processo de fervura no vácuo. Dessa forma, a bebida consegue reter as características e sabores originais enquanto o álcool é eliminado.

Osmose reversa

O vinho é filtrado por uma rede de poros minúsculos. O álcool, a água e algumas outras substâncias atravessam o filtro. Esse material é então destilado para a remoção do álcool e devolvido ao restante da bebida que havia ficado retido no filtro.

Apesar se ser um processo mais caro, a osmose reversa conserva melhor os componentes e sabores do vinho do que a fervura.

O vinho sem álcool faz bem para a saúde?

Que o vinho traz benefícios para a saúde cardíaca todo mundo já sabe. Mas será que o vinho sem álcool também é bom para o coração?

Parece que sim. Tanto os vinhos convencionais quanto os desalcoolizados são ricos em polifenóis, substâncias com propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes que auxiliam na prevenção de doenças cardiovasculares, osteoporose e complicações da diabetes tipo 2.

Além disso, o vinho sem álcool pode ser consumido por pessoas com baixa resistência ao álcool ou que não bebem bebidas alcoólicas por motivos ideológicos. Assim, o benefício social do vinho também é mantido.

Quer experimentar?

Há quem ame e quem odeie o vinho sem álcool. Você gostaria de tirar suas próprias conclusões? Veja abaixo algumas sugestões de vinhos sem álcool.

Vinhos La DorniA vinícula brasileira La Dorni produz algumas variações de vinho tinto sem álcool: suave (R$28,50), meio seco (R$25,90) e seco (R$25,90). Todas estão à venda em ladornistore.com.br.

Vinhos Natureo – A vinícola espanhola Miguel Torres produz três tipos de vinho sem álcool: Natureo Muscat (branco suave), Natureo Rosado (rosé) e Natureo Syrah (tinto). Todos são encontrados a R$88,00 em winebrasil.com.br.

E aí, quais foram suas impressões do vinho sem álcool? Não esqueça de contar sua experiência nos comentários abaixo.

Comentários
  1. Ricardo

Deixe sua mensagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *